A nova 'Serra Pelada'

31.10.2018

Segurança reforça policiamento em nova 'Serra Pelada' e MPE cobra fiscalização.
 
A segurança no município de Aripuanã (a 883 quilômetros de Cuiabá), local onde se instalou um novo garimpo ilegal, recebeu reforço no efetivo da Polícia Militar. A nova “Serra Pelada” mato-grossense está localizada na Fazenda Dardanellos, às margens da MT-208, a cerca de 10 quilômetros da cidade e está atraindo milhares de pessoas que vivem uma verdadeira corrida em busca de ouro, enquanto as forças de segurança federais não chegam ao local.
 
 
A informação é de que pessoas que deixaram seus empregos estão no local à procura de ouro. Estima-se que mais de duas mil pessoas estejam no garimpo. Segundo a Secretaria do Estado e Segurança Pública (Sesp), a Polícia Militar recebeu um reforço do efetivo, incluindo equipes da Força Tática, para monitorar a situação e prevenir possíveis ocorrências.
 
O Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da Promotoria de Justiça de Aripuanã, oficiará o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) e demais órgãos competentes, para realizarem a fiscalização e a repressão no local.
 
Assim que foi informado da situação, o promotor de Justiça Carlos Frederico instaurou notícia de fato promovendo as primeiras diligências. Por se tratar de irregularidades decorrentes da atividade de mineração, bem da União, o MPE declinou da atribuição ao Ministério Público Federal (MPF).

Nas redes sociais estão circulando fotos e vídeos de pessoas mostrando pedras douradas, supostamente retiradas do garimpo irregular, o que tem atraído a cada dia o número de pessoas no local.

Há cerca de uma semana as informações começaram a ser divulgadas, promovendo uma verdadeira corrida em busca do ouro. Pelas imagens divulgadas é possível verificar que enormes valas e buracos já foram escavadas nos paredões. O trabalho está sendo realizado de forma artesanal e até mesmo com a ajuda de algumas máquinas. Acampamentos improvisados também já foram montados para abrigar os garimpeiros que chegam todos os dias à fazenda.
 
 
 
Histórico 

Este não é o primeiro garimpo ilegal do município. Em julho de 2017, ao menos 21 pessoas foram presas por atuação na exploração de minérios em uma área de garimpo clandestino.
 
Os presos foram flagrados explorando a área localizada a 18 km da cidade, onde aproximadamente 10 alqueires de floresta amazônica foram devastados sem qualquer avaliação de impacto ambiental. Os garimpeiros reviraram o solo e subsolo à procura de metais preciosos.

Serra do Caldeirão 

Em 2015, uma serra localizada a 20 quilômetros da cidade de Pontes e Lacerda (a 450 quilômetros de Cuiabá) viveu uma verdadeira 'corrida pelo ouro' e também foi chamada de nova “Serra Pelada de MT'. Grandes pepitas de ouro, amplamente divulgadas pela internet e por meio de aplicativos celulares, chamaram a atenção e 'acirraram' a disputa por espaço.
 
O ouro explorado tinha um grau de pureza de 99%. Por isso, o garimpo improvisado atraiu tantos moradores da cidade de 42,5 mil habitantes, sem experiência em mineração. Mais de 500 pessoas que atuavam no garimpo vieram de fora da região.

Serra Pelada
 
Serra Pelada foi o maior garimpo do Brasil cuja exploração se deu principalmente de 1980 a 1983. Localizado na Serra dos Carajás, no Pará, era um morro sem vegetação de 150 m2. Atualmente, só resta uma cratera de 24 mil m2, com 70 a 80 metros de profundidade, que as águas transformaram num lago poluído de mercúrio. Calcula-se que foram extraídos cerca de 45 toneladas de ouro desde sua inauguração até o fechamento oficial em 1992.
 
Fonte: http://www.olhardireto.com.br
Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload


Copyright © DilzzanNews -  Todos os direitos reservados.

E-mail: dilzzannews@gmail.com